A Natureza, o lixo eletrônico e o LTSP.

É lastimável como a sociedade Brasileira trata o lixo, e mais recentemente o lixo eletrônico, na era da tecnologia moderna aonde os relacionamentos são iniciados em salas de bate papo via internet o ser humano ainda não aprendeu a enamorar-se pela natureza.

O lixo eletrônico, peças de computador contendo problemas no hardware ou simplesmente esquecidas por serem consideradas ultrapassadas (ex.: Pentium MMX, AMD K6-II 500Mhz, 486, etc.) estão cada vez mais sendo descartadas pela sociedade na natureza mas alguns jovens em Recife estão se unindo em torno de uma solução, o LTSP, que em português significa Projeto de Servidores de Terminais Linux, e tem como objetivo básico utilizar máquinas interconectadas via redes ethernet (e em breve wireless) a uma série de computadores, centralizando os dados em apenas um computador.

O LTSP pode ser usado para recuperar as máquinas que dispõem de hardwares mais antigos e não tem processamento ou capacidade de armazenamento dos computadores nos dias atuais. Usando apenas um computador de grande potência operacional pode se replicar a computadores de baixa potência uma boa porcentagem de seu processamento, memória RAM e armazenamento de dados sem perda de performance significativa, além de fornecer todo um sistema operacional e softwares complementares juntos. Então, pode-se dizer que com um computador velho: apenas a placa mãe antiga com suporte a rede e vídeo, uma memória mínima para o computador poder iniciar, um teclado, um mouse e sem HD (que já economiza bastante energia) é possível “recuperá-lo” e utilizá-lo com o dobro ou o triplo de sua performance bastando apenas ter uma máquina potente do outro lado, um bom esquema de redes (switchs, cabos, etc) e o LTSP.

A figura do início deste post expressa bem como funciona o LTSP, além de ser útil para recuperar as máquinas antigas ele serve perfeitamente para formar um firewall (afinal todos os computadores interconectados devem passar por um servidor LTSP antes de ir pra rede legada ou internet) e centralizar os dados e os softwares de um determinado departamento em apenas um computador fazendo com que se padronizem as ferramentas utilizadas no departamento e não haja muita redundância de dados armazenados.

Para quem desejar implementar este software em sua casa ou empresa, segue abaixo um link do texto que fiz baseado no Fedora/Red Hat, da instalação do LTSP dentro de uma rede corporativa: CLIQUE AQUI. E antes de pensar em jogar uma máquina fora (envie-a pra mim, hehehe) novamente pense na situação em que nossa natureza se encontra além da economia que vocë irá fazer.

Anúncios
2 comentários
  1. Excelente Texto, eu verdadeiramente acho que este website necessita de muito mais atencao. Eu provavelmente estarei novamente a ler muito mais, obrigado por essa informacao.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: